Waves Floating System

Plantas de agua

As ETARs de plantas (ou Fito-ETARs) têm sido utilizadas como ambientes naturais para o tratamento da água.

A sua crescente popularidade deve-se em parte ao fato de os sistemas de tratamento terem a vantagem de proporcionar uma solução para a descontaminação da água com um processo passivo, natural, de baixa manutenção e de operação muito simples.

O Waves Floating System (ilhas flutuantes) surgiu como uma evolução natural das Fito-ETARs e tem sido estudado numa variedade de aplicações, tais como a melhoria da qualidade da água, a criação de habitat, e tratamento de diversos tipos de águas residuais.

Em comparação com as ETARs de plantas convencionais, que têm predominantemente uma profundidade de menos de 0,5 m de solo, o Waves Floating System, visto não necessitar de solo, pode ser construído com maior profundidade, para proporcionar um volume extra de água, com isso conseguir uma elevada área de contacto das raízes com a água, reduzir a velocidade do fluxo e aumentar o rendimento.

Com o Waves Floating System eliminam-se os odores desagradáveis associados ao tratamento das águas residuais. Para além disto, as plantas absorvem os gases de efeito de estufa como o metano (CH4) e o dióxido de carbono (CO2), e em simultâneo libertam oxigénio (O2).

As raízes das plantas desempenham um papel-chave nos processos de tratamento das águas residuais, em virtude do contacto que é proporcionado com a água e do desenvolvimento de biofilmes contendo comunidades de microrganismos responsáveis por diversos processos de tratamento muito importantes. Esta simbiose permite a remoção da CBO5, Azotos, Fosfatos e outros, e a sua incorporação na biomassa da planta.

A espessura da rede de raízes e dos biofilmes associados são eficazes na captura física de partículas dentro da coluna de água, que, posteriormente, se desprendem das raízes na forma de partículas pesadas, que são mais passíveis de decantação. Por outro lado, a não utilização de solos evita a colmatação do meio e a criação de lamas.

Destacam-se as seguintes vantagens do Waves Floating System no tratamento de águas residuais:

 

– Reconversão e adaptabilidade a soluções já construídas;

– Sem colmatação de leitos e sem os respetivos custos de remoção, de transporte e deposição;

– Sem emissão de odores desagradáveis;

– Custos energéticos inexistentes;

– Baixo custo de instalação;

– Manutenção muito reduzida;

– Baixo custo de operação;

– Cumprimento da legislação aplicável;

– Possibilidade de reutilização de água;

– Elevado tempo de vida sem intervenção;

– Funcionamento constante 24h/dia, 365 d/ano;

– Capacidade de suportar variações de caudal.

Plantas de agua

O Waves Floating System pode ser aplicado:

– na reconversão/retrofit das ETARs;

– no tratamento das águas residuais de:

  1. a) Indústrias;
  2. b) Pequenas comunidades;
  3. c) Áreas rurais;
  4. d) Explorações agropecuárias;
  5. e) Instalações militares;
  6. f) Campos de golf;
  7. g) Hotéis e Resorts.

– na recuperação de ecossistemas.